Quantcast
Donald Trump

O que o governo Trump fará pela ciência?

Eis o que esperar de um presidente que não reconhece as justificativas científicas para o aquecimento global.

Ankita Rao

Ankita Rao

Crédito: Gage Skidmore/Flickr

É difícil prever o que o Presidente Donald Trump (é, falei isso mesmo) fará assim que assumir o cargo. O recém-eleito candidato republicano não gastou muito tempo falando de políticas específicas para o futuro dos EUA, mas deu pistas de passos que dará na área de ciência e tecnologia – com um congresso quase todo republicano, ele provavelmente conseguirá levá-los adiante. Eis aqui algumas coisas que devem mudar no começo do próximo ano:

Fim do Obamacare

Trump prometeu repetidas vezes acabar com o Affordable Care Act, lei criada para dar à população seguro de saúde privado e subsidiado pelo governo. Ele planeja substituir tudo por livre mercado, o que faria os americanos comprarem seguros de empresas privadas. As decisões tomadas quanto ao Obamacare também influenciam os preços de medicamentos, a prática médica e a saúde reprodutiva.

Provável eliminação da Agência de Proteção Ambiental (EPA)

A EPA, agência governamental responsável pela regulação do meio ambiente, corre riscos na administração de Trump, que já mencionou querer eliminá-la por completo, bem como deixar de lado muitas de suas ações, incluindo medidas para garantir a pureza do ar e água.

Levando em conta que ele não aceita ou reconhece abertamente a ciência por trás do aquecimento global, isso será certamente um grande problema durante o governo.

Cancelamento do Tratado de Paris

Trump se comprometeu em cancelar o Tratado de Paris, pacto internacional para a diminuição da temperatura global por meio da adoção de fontes de energia alternativas e redução da emissão de gases do efeito estufa. Quaisquer mudanças que ele fizer terão impacto global fortíssimo, afinal, os EUA são um dos maiores poluidores do planeta.

Investimento na NASA e no setor espacial privado

Durante comício recente na Flórida, Trump prometeu restaurar empregos que foram perdidos quando o Congresso cortou o orçamento da NASA em 2011. O presidente disse ainda que o foco retornará para a exploração espacial. Além disso, também demonstrou interesse pelo setor espacial privado.

Nada de Parceria Trans-Pacífico

A TPP é um acordo comercial internacional que poderia estabelecer influência norte-americana na seção asiática do Pacífico, afetando preços de medicamentos e proteção de direitos autorais. Trata-se também de uma das mais controversas práticas comerciais da atualidade. Trump optou por cancelá-la.

Incógnitas em segurança digital

Ainda é cedo para especularmos como Trump lidará com outros temas de nosso interesse tais como segurança cibernética, banda larga, e por aí vai. Mas, por enquanto, sabemos que estes temas estão no seu radar e pretendemos ficar de olho no desenrolar dos eventos.